Saiba como criar peixe de água doce

A criação de peixes de água doce em ambientes cultivados está crescendo cada vez mais no país.

Você já imaginou cultivar peixes no quintal da sua casa e ainda ganhar dinheiro com isso? Não é história de pescador!

De fato, a atividade vem ganhando espaço no cenário rural e movimenta uma boa parte da economia do mercado brasileiro atualmente.

Mas assim como toda produção, a criação de peixes de água doce têm seus segredos e truques.

Sendo assim, conte com a Culte para te ajudar!

My default image

O cultivo de peixes de água doce se tornou destaque no país. O Brasil ocupa a 8ª posição no ranking mundial de produção de peixes de água doce.

A princípio, isso se deve a algumas características do nosso país que favorecem este negócio:

  • O Brasil está entre os países que mais consomem peixe no mundo;
  • Ampla costa marítima;
  • Clima tropical;
  • Grande concentração de água doce;
  • Áreas favoráveis para tanques.

Em outras palavras, o mercado de criação de peixes de água doce surge como uma oportunidade promissora. Nesse sentido, a atividade deixa de ser uma alternativa de renda secundária e se torna a principal fonte de renda do produtor. 

Acesse nosso blog para ter mais informações sobre projetos no agronegócio.

Cenário brasileiro de criação de peixes de água doce

De acordo com o Censo Agropecuário 2017, do IBGE, a atividade está presente e consolidada em todo território nacional.

As expectativas do mercado consumidor estão cada vez melhores.

O consumo no Brasil é crescente. As pessoas estão cada vez mais conscientes em relação à alimentação.  O peixe está entre as proteínas animais mais saudáveis para uma dieta equilibrada.

Desse modo, a criação de peixes de água doce, quando feita da forma correta, ou seja, respeitando as obrigações legais dos órgãos fiscalizadores e a proteção ambiental  é uma ótima oportunidade de negócio.

O que é a Piscicultura?

A piscicultura é a criação comercial de peixes. Antes de tudo é importante saber que as condições naturais de nosso país favorecem e muito o cultivo de peixes. 

Contudo, a atividade envolve muito planejamento. Pois o piscicultor precisa monitorar as espécies escolhidas, desde a fase Avelina, ou seja, desde o início da vida até o momento que atingem a fase de consumo. 

O uso de ferramentas, controle de água e temperatura, substâncias específicas, alimentação adequada e acompanhamento estimulam o desenvolvimento saudável dos animais.

Por onde começar?

A criação de peixes precisa ser feitas em condições adequadas, para garantir o bem estar animal, ajustes de iluminação, qualidade d’água e temperatura deve ser controlada. Eventualmente, tudo isso irá proporcionar produtos para consumo com maior regularidade e valor agregado. 

Portanto, antes de iniciar o projeto de piscicultura, busque orientação, converse com os órgãos reguladores do meio ambiente de sua região. Você deve estar ciente das normas e regras a serem seguidas para comercializar seu produto de forma legal. 

Afinal, os peixes precisam atender padrões de qualidade próprios para consumo.

Como visto anteriormente, a escolha da espécie de peixe, o manejo e a localização de implantação do projeto terão forte impacto na evolução do seu negócio. 

A criação de peixes pode ser feita em lugares como: 

  • Represas; 
  • Lagos;
  • Tanques;
  • Viveiros;
  • O Sistema RAS (Sistema De Recirculação De Água).

Além disso, será necessário realizar uma análise detalhada de alguns fatores:

  • Qualidade e quantidade de água para abastecer os viveiros;
  • O tipo de solo do terreno do local;
  • A topografia do terreno, que não deve ser muito acidentada;
  • Distância entre a localização do tanque e o fornecedor de alevinos (peixes recém nascidos), em resumo, a sobrevivência do animal depende desse fator.

Contudo, após analisar cada um dos fatores é hora de decidir qual o melhor reservatório para criar os peixes.

A decisão pode parecer fácil, entretanto, a escolha da espécie a ser cultivada deve levar em consideração alguns pontos, como:

  • Resistência do animal para diversos climas, pois durante o ano a temperatura pode cair ou aumentar demais;
  • Bom crescimento e desenvolvimento em cativeiro;
  • Boa convivência com outras espécies, assim você pode diversificar a produção;
  • Ciclos reprodutivos mais curtos.

Para ajudar você, listamos as 4 espécies mais indicadas para criação em tanques.

Criação de peixe de baixo custo é possível?

Anteriormente, vimos que a piscicultura pode ser realizada em vários lugares.

Mas, se sua intenção é a criação de peixes de água doce de baixo custo, o Sistema RAS (Sistema de Recirculação de Água) é uma boa opção. 

Baixo custo de investimento e economia de água, são vantagens presentes na técnica.

O sistema pode usado em pequenos espaços, como caixas d’água, por exemplo.

De modo geral, o investimento é baixo. Com cerca de R$1.600,00 é possível criar uma estrutura completa com caixa, bomba e tubulações necessárias. 

O controle e monitoramento da temperatura, oxigênio e condutividade da água presente nos tanques são fatores críticos para o sucesso do negócio.

Afinal, tudo isso irá contribuir para o aumento de peso dos animais, diminuição do estresse, maior produtividade e melhoria do produto final. 

Leia também: Gestão Financeira no Campo: Como cuidar

My default image

Quantos peixes podem ser colocados em uma caixa de mil litros?

Antes de qualquer coisa, saiba que isso pode variar de acordo com a espécie escolhida, mas a indicação é de 40 kg de peixe por metro cúbico. 

Portanto, numa caixa d’água de mil litros, você pode colocar no máximo até 70 tilápias adultas. 

Criação de peixes de água doce dá lucro?

É importante compreender que o lucro obtido com o cultivo de peixes pode variar de acordo com a espécie escolhida e a estrutura da criação.  

Só para ilustrar, de acordo com uma matéria do Estadão, a margem de lucro é de até 100%. O custo para produção de 1 Kg de tilápia é de aproximadamente R$2,50 podendo ser comercializada por R$5,00.

Em conclusão, a onda de criação de peixes de água doce se espalhou por todo país, isto é, tornou- se fonte de renda de várias comunidades rurais, em virtude do rápido retorno de investimento. 

Saiba mais sobre nossos serviços e nossos empréstimos pessoal para agricultores e como podemos ajudar você e seu negócio a prosperar!

Comentários

Raimundo ferreira de moura

gostaria de saber mais sobre como fazer tanque para criação de peixes

Cristine Sutil

Boa tarde seu Raimundo, o senhor pode acessar nosso blog https://blog.culte.com.br/criacao-de-peixes-em-tanques/, nesse artigo é explicado sobre a criação de peixes em tanques/caixa de agua.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.