Metaverso não é uma palavra utilizada no dia a dia, mas ganhou fama após o Facebook anunciar que mudaria de nome e se chamaria META.

Dessa forma, se você tem dúvida do que é o metaverso e quer mais informações sobre isso, continue lendo nosso artigo.

My default image

O que é o metaverso?

De fato, a ideia do metaverso é a criação de um mundo digital acessível, onde as pessoas possam trabalhar, estudar, socializar e se divertir, de um jeito em que elas realmente sintam que estão dentro desse lugar e não somente participando de um jogo.

Assim, o metaverso seria uma realidade virtual feita por lugares virtuais que não deixam de existir quando você sai dela. O metaverso não é apenas um lugar onde todas as empresas ou jogos estarão, mas são várias realidades virtuais.

A ideia é a utilizar moedas digitais para comprar roupas para os avatares – ou armas e equipamentos para os jogos. Por isso, é projetado que o metaverso faça uso da blockchain e de criptomoedas.

Significado da palavra Metaverso

A palavra metaverso foi criada pelo escritor Neal Stephenson, no livro Snow Crash, de 1992, no qual o personagem principal é um entregador de pizza, mas vive uma outra realidade, onde é um ninja.

O livro de Stephenson inspirou muitas obras e jogos. Um dos jogos mais populares dos anos 2000, Second Life, foi inspirado na obra de Stephenson e também nos dá uma boa ideia do que o metaverso é, ou deseja ser.

Portanto, o Second Life é um mundo virtual 3D que foca na interação, onde cada usuário pode explorar, trabalhar e se divertir, simulando a vida real.

Personagem de The Office dentro do universo 3D de Second Life, protótipo do que é metaverso.
 Dwight, personagem do seriado The Office, jogando Second Life. Imagem: NBC.

Como entrar no metaverso?

Dessa forma, depende de qual mundo digital você esteja falando. 

É consenso que seja necessário utilizar itens de realidade virtual como Oculus VR e itens de realidade aumentada. Um dos exemplos de realidade aumentada é o Pokémon GO.

Bill Gates, em sua nota de fim de ano, disse que a maioria das pessoas no mundo não possuem óculos de realidade virtual ou luvas de captura de movimento. Com a popularização, novos itens devem surgir, tornando mais fácil entrar nesse mundo.

My default image

Facebook e o metaverso

A META quer ser a pioneira a explorar e mapear o metaverso, dando significado próprio a essa palavra e, para tal, também quer trabalhar em conjunto com outras empresas para trazer a melhor experiência que o usuário possa ter.

A META quer trabalhar em conjunto com outras empresas dentro do metaverso. Isso significa que, quando um usuário comprar um produto do Instagram, por exemplo, também seja possível utilizar esse produto dentro do mundo da Microsoft. 

Foi com essa ideia que a META comprou a empresa de realidade virtual Oculus VR, em 2014, por aproximadamente 2 bilhões de dólares.

Quais empresas estão investindo nisso?

Portanto, muitas empresas estão buscando espaço, como a Nike que possui uma parceria com a Roblox, onde criaram um espaço chamado ‘Nikeland’ no jogo.

A Nike também comprou a empresa RTFKT, marca líder de inovação que fornece itens colecionáveis culturais e de jogos.

A Epic Games, criadora do Fortnite, um dos jogos mais populares do mundo, começou a desenvolver a realidade virtual e social dentro do jogo.

Mas quando falamos sobre empresas no metaverso, 4 empresas estão na frente dessa corrida, são elas:

  • Microsoft
  • Decentraland
  • Google
  • NVIDIA
  • Microsoft

A Microsoft, assim como a META, também diz que o trabalho em conjunto é fundamental. 

Microsoft integrou o Mesh ao Teams, levando avatares para reuniões.
Microsoft Mesh Teams.

A Microsoft quer tornar possível que cada empresa crie seus ambientes virtuais e aumentem a experiência e interação dos funcionários.

Além disso, a empresa também é uma das que mais investe, comprando a empresa de jogos Activision Blizzard por 68 bilhões de dólares, criadora de jogos como “Call of Duty”, “Warcraft” e “Candy Crush”. 

A empresa também está trabalhando no sistema de captura 3D chamado “Holoportation”, que permite que o usuário seja “levado” para qualquer lugar do mundo em tempo real.

Decentraland

A Decentraland é um universo 3D desenvolvido na blockchain Ethereum, que deixa unir jogos e a realidade virtual.

A principal diferença da Decentraland para demais é que cada usuário é dono de um pedaço do mundo virtual e podem fazer o que bem quiserem, como criar, explorar ou negociar. 

Em novembro de 2021, um terreno virtual da Decentraland foi vendido por 2,4 milhões de dólares.

Google

A Google foi uma das primeiras empresas a lançar uma versão de óculos de realidade aumentada, e agora está em busca de liderar a corrida pelo metaverso.

A Google está focada em lançar, até 2024, o fone de ouvido de realidade aumentada chamado de Projeto Íris. O projeto está apenas em sua fase inicial e as informações são mantidas em segredo.

Nvidia

A Nvidia trabalha atualmente em seu ‘Omniverse’, produto desenvolvido utilizando tecnologia 3D, que foca em simulação realista em tempo real. 

Assim como a META e a Microsoft, aposta na conversa e na conexão com demais empresas. A Nvidia também acredita que a utilização do Omniverse facilite na integração com os NFTs, que são super importantes dentro do metaverso.

My default image

Metaverso e NFT: qual papel do NFT no metaverso?

A tecnologia que tornou possível a criação de criptomoedas e NFTs também auxiliará na criação dos mundos virtuais.

O NFT é a chave para o metaverso, pois são ativos digitais únicos e autenticados, servindo como ponte para que as empresas vendam seus produtos. Dentro desses universos, cada avatar, roupa ou terreno pode ser um NFT. Porém, tudo isso ainda é uma ideia vaga de como funcionará.

Uma coisa sabemos bem: esse será um dos maiores mercados do futuro. Cada empresa está se posicionando e desenvolvendo as tecnologias necessárias para o funcionamento desse mundo virtual, mas somente o futuro poderá nos dizer se realmente teremos um produto agradável a todos.

E a utilização de NFTs será algo importante e parte central da ideia do metaverso, por isso é importante compreender mais sobre NFT e abordar projetos como a da GreenBullsClub, NFT que está sendo desenvolvido pela Culte e que você possui a oportunidade de participar. Entre em nosso Twitter e saiba mais sobre!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.