Montando uma cooperativa: Saiba como fazer

Já se imaginou montando uma cooperativa? Esse modelo de negócios é um dos mais antigos e é responsável pela geração de muitos empregos, além da valorização de milhares de comunidades por todo o país. Então, por que não considerar criar uma você mesmo?

Uma das grandes vantagens de fazer parte de uma cooperativa é reunir trabalhadores e dividir o trabalho e as responsabilidades entre todos. Dessa forma, é possível produzir mais e de forma organizada. 

Mas, para fazer parte do grupo de cooperativas brasileiras, que hoje já conta com mais de 5 mil, é preciso planejar bem e saber que ações tomar. E foi pensando em ajudar nessa missão que a Culte preparou um guia para criar facilitar o processo de criação de um sistema cooperativista que atenda a você e à sua comunidade. 

Aqui na Culte, mais do que conteúdos informativos, temos financiamento pessoal disponível com a finalidade de ajudar os pequenos agricultores a cultivar e a vender mais. Entre em nosso site e veja os nossos serviços financeiros disponíveis para lhe auxiliar.

My default image

Montando a sua cooperativa

Dessa forma, a primeira coisa da qual você precisa quando está montando uma cooperativa é de reunir pessoas. Chame aquelas interessadas em ser futuros membros e reúna-se com elas. A princípio, busque aqueles que pensam como você em relação ao trabalho. 

Finalmente, converse e descubra quais são as principais demandas de sua comunidade, suas vantagens e necessidades. Mantenha essas informações em mente, para que sejam prioridade na hora de distribuir o trabalho entre os cooperados. 

1) Estabeleça seus objetivos

Junto às outras pessoas, defina aonde quer chegar com sua futura cooperativa, assim como os caminhos que devem ser tomados para chegar até esse objetivo final.

Um bom planejamento deve, dessa forma, compreender os pontos fortes e fracos entre participantes da cooperativa. Portanto, também deve entender as competências principais de cada um e de que forma poderão contribuir para o sucesso da empresa.

Além disso, é importante saber, na hora de montar sua cooperativa, que tipos de obstáculos ela deverá enfrentar para atingir as metas traçadas e como corrigir essas questões.

Inclua no seu projeto, de forma clara:

  • As atividades que serão exercidas pela cooperativa
  • Quem deverá desenvolver cada parte do processo
  • Como a cooperativa deverá se sustentar financeiramente
  • Que tipos de problemas essa cooperativa deverá solucionar

Leia também: Cooperativas: O que são, quais suas regras e seus tipos

2) Estruture sua cooperativa

Mesmo não sendo formada como uma empresa comum, cooperativas funcionam como tal. Por isso é importante que se estabeleça uma hierarquia e que as funções sejam distribuídas de forma apropriadas entre os cooperados. 

É preciso que haja órgãos como coordenação, direção e conselho fiscal, por exemplo, para que todas as áreas funcionem bem. Porém, acima de todos esses fica a Assembleia Geral, composta por todos os associados. Por isso todos os cooperados devem ter funções dentro da empresa: cada um deles tem o direito e o dever de conhecer a fundo o funcionamento dela, assim como de participar da tomada de decisões. 

3) Desenvolva o estatuto da sua empresa

Depois de tudo definido, junte as informações e crie um documento que irá definir todo o funcionamento do seu negócio e que toda cooperativa deve ter: um estatuto. 

Afinal, é essa documentação que vai fazer com que sua cooperativa ande de forma regulada, estabelecendo normas para todos os cooperados. Junto com a descrição dos seus objetivos, o estatuto vai incluir os valores da sua organização, que são os princípios coletivos que devem nortear suas decisões daqui para frente. Essas noções são de extrema importância pois devem ser tomadas como compromisso por todos os participantes

O estatuto precisa conter ainda outras informações, a exemplo de:

  • Denominação, área de atuação, localização de sede; 
  • Direitos e deveres dos membros, assim como os suas responsabilidades e termos de admissão e demissão;
  • Modo de administração e fiscalização;
  • Capital mínimo da empresa;
  • Regras e funcionamento das assembleias gerais;
  • Como desfazer a sociedade;
  • Como se dará uma reforma do estatuto.

4) Defina a contribuição de cada membro

Todos devem contribuir financeiramente com a cooperativa. Por isso, o capital social deve ser dividido em quotas distribuídas entre os associados. Essa divisão deve vir de uma definição junto aos participantes. 

Dessa forma, o valor unitário das quotas não deve passar de um salário mínimo. Em adição, ninguém deve contribuir com mais que um terço do total delas, salvo algumas exceções. 

Leia também: Crédito Rural no Brasil: Como Contratar

5) Registrando a cooperativa: fundação e documentação

Depois da reunião inicial e de construir um estatuto, já é possível convocar uma Assembleia Geral. Esta deve ter pelo menos 20 pessoas para fundar oficialmente a cooperativa. A partir daí, é necessário apresentar os documentos certos aos órgãos competentes. 

Sua cooperativa deve levar à Junta Comercial do seu município uma relação completa dos membros da cooperativa e a Ata de Assembleia Geral de Constituição e Estatuto em quatro vias. Existem ainda outras demandas de documentos, mas é sempre mais seguro entrar em contato com o órgão que lhe atende. Assim, você encontra mais detalhes sobre o que deve providenciar.

Já para a Receita Federal, os documentos corretos são a ficha cadastral e a ficha complementar do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), cópia de documentos dos diretores da cooperativa (CPF, RG e comprovante de residência) e a lista de associados. 

Todos os documentos estão detalhados neste link, em um manual oferecido pelo Governo Federal. 

My default image

E então? Já está na hora de montar uma cooperativa?

Cooperativas nascem a partir de um pensamento comum: com um só negócio, cuidar o máximo possível de uma comunidade. É por isso que esse tipo de empresa deve ser valorizada e vista como uma oportunidade de crescimento muito valiosa. 

O passo a passo de montar uma cooperativa inclui muita conversa, pesquisa e, principalmente, vontade de trabalhar juntos. E é aí que a Culte entra: oferecemos uma plataforma para promover a inclusão digital e ampliação do seu negócio, com o foco atender da melhor forma os objetivos do seu negócio e da sua comunidade.

Além disso, pode contar conosco se precisar financiar ou pedir empréstimos para a sua cooperativa. Nós trabalhamos juntos para ver a sua empresa crescer. 

Conheça aqui mais serviços da Culte!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.