O que é CHATGPT e como ele funciona?

banner_posts

Você já ouviu falar do CHATGPT? Esse modelo de linguagem treinado pela OpenAI está revolucionando a forma como as máquinas entendem e geram texto. De fato, com sua capacidade de responder perguntas, completar frases incompletas e escrever textos coerentes, o CHATGPT está se tornando uma ferramenta cada vez mais valiosa para aplicações como assistentes virtuais, geração de conteúdo e tradução automática. 

O ChatGPT, um assistente virtual baseado na tecnologia GPT (Generative Pre-trained Transformer). O GPT é um modelo de linguagem natural desenvolvido pela empresa OpenAI, que utiliza a inteligência artificial para gerar texto natural e responder perguntas.

Funciona através do processamento de linguagem natural (NLP), que permite entender e responder às perguntas em linguagem natural, como se estivesse conversando com um humano. Para isso, o GPT foi treinado em grandes volumes de dados linguísticos e, assim, é capaz de reconhecer padrões na linguagem.

O objetivo é ajudar a fornecer informações e responder perguntas de forma precisa e eficiente, utilizando a vasta base de conhecimento e capacidade de processar a linguagem natural. Dessa forma, capaz de conversar sobre uma ampla gama de tópicos, desde ciência e tecnologia até cultura e entretenimento, e sempre aprendendo com as interações que tem com os usuários.

Mas como exatamente ele funciona? Dessa forma, vamos explorar os detalhes da tecnologia por trás do CHATGPT e como ela está mudando o mundo da inteligência artificial.

Criação da OpenAI

Elon Musk e Sam Altman conversando com Andrew Sorkin do The New York Times. Fundadores da OpenAI.
Elon Musk e Sam Altman conversando com Andrew Sorkin do The New York Times.

De fato, a OpenAI teve sua criação em 2015 por Elon Musk, Sam Altman, Greg Brockman, Ilya Sutskever e outros e está sediada em São Francisco, nos Estados Unidos.

Sendo uma organização sem fins lucrativos, a empresa tem como objetivo desenvolver novas tecnologias que sejam acessíveis para o público geral. Assim, a empresa também deseja tornar o setor de inteligência artificial mais seguro, reduzindo os riscos e fraudes que podem ocorrer com o desenvolvimento dessas tecnologias.

Entretanto, muitas empresas estão envolvidas com o desenvolvimento da IA e estão apostando na OpenAI, uma delas é a Microsoft. Portanto, em 2019, a Microsoft anunciou investimento de 1 bilhão de dólares na OpenAi, iniciando uma parceria entre as duas empresas. Um dos motivos da Microsoft estar investindo na OpenAI é acirrar a competição com o mecanismo de busca da Google, utilizando a IA.

Assim, a OpenAI passou a trabalhar em diversas áreas da IA, incluindo a robótica e a simulação, mas foi no processamento de linguagem natural que a empresa se destacou. Em suma, entre os projetos da OpenAi, estão um modelo de linguagem avançado, o GPT-3. Com o desenvolvimento do GPT-3, a OpenAI conseguiu um grande avanço e desenvolveu o CHATGPT.

Desenvolvimento da CHATGPT

CHATGPT aumentou a acessibilidade de modelos de linguagem.
CHATGPT aumentou a acessibilidade de modelos de linguagem.

O CHATGPT certamente é uma das invenções mais positivas dos últimos anos e com um grande potencial. CHATGPT tem como significado: Conversational Generative Pre-training Transformer. Ele foi criado pela OpenAI com foco em desenvolver um modelo de linguagem capaz de compreender e gerar texto como um humano. 

No desenvolvimento do CHATGPT, a OpenAI coletou uma quantidade imensa de dados de texto, como livros, conversas e artigos. Assim, essesdados foram utilizados para treinar o modelo de inteligência artificial utilizando uma técnica chamada Aprendizado Profundo (Deep Learning). 

A arquitetura utilizada no CHATGPT é chamada de Transformer, porque é composta por camadas de atenção e camadas de feed-forward. De fato, a camada de atenção permite que o modelo preste atenção em diferentes partes do texto que está entrando, sendo enviado para ele. A camada feed-forward permite que o modelo aplique transformações complexas aos textos de entrada. 

Então, durante o treinamento, o modelo é exposto a uma grande quantidade de exemplos de texto e aprende a reconhecer padrões e relações entre as palavras. Isso permite que ele gere textos coerentes e semelhantes aos textos humanos.

De fato, após isso, o modelo foi aprimorado, testado e lançado para uso geral. Dessa forma, algumas funcionalidades estão disponíveis no CHATGPT, como tradução automática e responder perguntas. O modelo está sempre em treinamento, assim estará sempre se adaptando e aprendendo novas técnicas.

Por enquanto, o CHATGPT está disponível gratuitamente, mas devido a demanda e uso de dados, a ferramenta vai passar a ter uma mensalidade no futuro, já confirmado pela empresa.

Era da inteligência artificial

Dessa forma, nos últimos anos, a internet teve um aumento considerável de modelos de IA disponíveis e também de ferramentas de aprendizado de máquina e aprendizado profundo. Em suma, o CHATGPT é apenas um exemplo do potencial desse setor, que está crescendo cada vez mais e em constante expansão.

De fato, somente a indústria de reconhecimento de voz e fala deve saltar de 11 bilhões de dólares para 50 bilhões de dólares até 2029. Dessa forma, a própria Microsoft está desviando o foco da realidade mista para a área de inteligência artificial, realizando um novo investimento bilionário na OpenAI.

Portanto, diversos setores já estão se movendo para incorporar a tecnologia IA e muitas ferramentas IA estão disponíveis. Algumas tecnologias para ficar de olho em 2023 são:

  • VALL-E: modelo IA da Microsoft capaz de reproduzir qualquer voz humana após ouvir ela por três segundos.
  • CHATGPT: um novo modelo que pode sair ainda neste ano para o CHATGPT, o GPT-4.
  • TensorFlow Federated: é um framework de Aprendizagem Federada criado pela Google. A Aprendizado Federada é uma nova área da IA em desenvolvimento e que promete revolucionar diversos setores que buscam descentralização e privacidade.
  • MLOps: conjunto de práticas que busca conectar o aprendizado de máquina, a ciência de dados e a engenharia de dados.
  • DALL-E: criada pela OpenAI, é capaz de criar imagens através de pequenos comandos de texto. 

Certamente, 2023 será um ano interessante para contemplar os avanços da inteligência artificial e, tendo em vista o avanço que o setor de IA está tendo, certamente não vai demorar para afetar profundamente outras áreas, como o metaverso, com uma série de tecnologias que serão integradas ao metaverso, trazendo benefícios e oportunidades para as marcas e empresas através dessa integração e exposição tecnológica. 

banner_posts

Agrispace em formação

Com o Agrispace em formação, o objetivo é tornar a agricultura inteligente.

Entre alguns dos benefícios atuais e futuros do Agrispace estão:

  • Cenário positivo para a Agricultura Inteligente.
  • Exposição da marca para a nova geração.
  • Conexão entre dispositivos físicos e o mundo virtual através da Internet das Coisas (IoT).
  • Possibilidade de simular o agronegócio em ambiente virtual (Digital Twin).
  • Acesso ao conhecimento necessário para desenvolver seus negócios.

Por fim, saiba mais sobre o AGRISPACE., a plataforma do metaverso voltada para o agronegócio brasileiro e aprenda a investir no metaverso, basta clicar aqui.

Você pode continuar lendo sobre o metaverso através deste artigo: As 5 principais características do metaverso.

INFORMAÇÕES SOBRE AGRISPACE – O METAVERSO DO AGRO [email protected] ou pelo WhatsApp clicando Aqui!!

Quer ficar por dentro de nossas postagens e notícias, entre em nosso canal no WhatsApp e venha conosco, descobrir o mundo do metaverso

Leia também: Você sabe o que é Text-to-Speech (TTS)?

Comentários

Mario Sérgio Sedrez

Muito interessante e revolucionário.
Tendências futurista.
Valeu

Adilson J. Oliveira

Quero saber mais sobre o chat, e testar algumas coisa se possível.

Cristine Sutil

Ola recomendo a leitura acima

Edleusa assis Ferreira dos Santos

Gostaria de saber mais respeito

Cristine Sutil

Ola, recomendo a leitura do texto acima.

Rádio Universidade recebe o especialista Alfredo Freitas para falar sobre os impactos das tecnologias e automação na sociedade — Universidade Federal do Maranhão

[…] exemplo de tecnologia autônoma é o ChatGPT. Ele é um assistente de serviço que utiliza IA (Inteligência Artificial) e consegue resolver, […]

Marcos Souza

Ferramentas muito interessantes mesmo

Claudio

Tem que usar toda essa tecnologia para a saúde. Para curar as pessoas, isso sim.

Lenilce Gouveia

Muito bom esse conteúdo

Edmar Delphim Pereira

Continuarei lendo a respeito, pois gostaria de muito mais. Embora idoso(75 anos) fiquei fascinado com as novas tecnologias.

Domingos

material de primeira linha atualizado, os jovens deveria estar atualiza com o conteúdo.

Roberto Nrazil

Tendência previsível da mecânica do aprendizado humano. Iniciada lá atrás.

JOEL

Afeta positiva ou negativamente a entrada do jovem no mercado de trabalho?

Cristine Sutil

Olá Joel, positivamente devido a mais uma tecnologia para auxiliar a todos.

Liberato Souza Lana

Muito, muito interessante mesmo. Até onde vai a interessante cultura do homem na busca de coisas nunca antes imagináveis. É fantástico.

Ildê Galhasi

A geração de 2.000 em diante fará bastante uso com certeza

Roberto pisera

Cada vez mais se está tendendo à substituição do homem pela máquina, fazendo tudo mais impessoal, frío e controlado. Meu análise é que a IA é uma ferramenta poderosa e cada vez mais perigosa. O Chat GPT vai nessa direção.
Se diz que Elon Musk disponibilizou o Chat GPT gratuitamente. E claro, se na verdade é o povo que está trabalhando de graça pra ele, para sua empresa aprimorar seu software, baseado nas provas e erros que comete o sua

Marcadas Graças Domingues Padilha Bittencourte

Interessante,soube por um amigo..

Oracino Cassula

Acredito que estas ferramentas poderão auxiliar muito no campo da medicina, educação da juventude atual e muito mais.
Excelente trabalho

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.