banner_posts

Talvez seja confuso pensar nos muitos termos que possuem a frase “cripto”, pois abrange diversas frases, indo de criptomoedas a criptoativos. Essa classe de ativos digitais tem chamado muito interesse recentemente. 

De fato, bitcoin, NFTs, criptomoedas, o que será que é um criptoativo e o que não é? Portanto, como a tecnologia blockchain está relacionada com os criptoativos? Continue sua leitura e saiba isso e muito mais.

O que são criptoativos?

Criptomoedas são criptoativos.
Criptomoedas são criptoativos.

Os criptoativos são ativos digitais protegidos por criptografia, funcionando por meio da tecnologia blockchain. Os criptoativos podem ser tokens, moedas digitais, tokens não fungíveis ou outros ativos representados digitalmente e registrados na blockchain. 

Diferente do dinheiro ou outros investimentos, os criptoativos são descentralizados e não regulamentados por nenhum governo ou banco central.

Como funciona

Em suma, os criptoativos usam a tecnologia blockchain, um livro-razão digital. A blockchain é extremamente segura, pois registra todas as transações de um criptoativo em blocos que permanecem conectados e criptografados.

Assim, por meio da blockchain, os criptoativos ficam armazenados em carteiras digitais onde os usuários podem trocar por moedas tradicionais como dólares ou reais.

O maior criptoativo existente é o Bitcoin, mas existem vários outros criptoativos, como a Ethereum, tokens de governança e tokens de pagamento.

Os criptoativos permitem transferências rápidas de valor em todo o mundo sem necessidade de intermediários como bancos, porém, como são voláteis e sem lastro, também apresentam riscos.

Então, caso você estiver interessado em criptoativos, comece estudando as opções disponíveis e os riscos envolvidos, antes de investir qualquer dinheiro.

Registro na blockchain

O registro na blockchain ocorre de maneira bastante simples, por exemplo, a cada nova transação, um novo bloco é adicionado à cadeia, formando um registro permanente e inviolável, como se fossem correntes interligadas. Dessa maneira, fica praticamente impossível fraudar ou hackear o sistema.

Tipos de criptoativos

Criptoativos: NFTs fazem parte dessa categoria.

Os criptoativos englobam diversos tipos de ativos digitais, mas cada um possui sua própria característica, veja os principais tipos:

1. Criptomoedas

Como o Bitcoin, são moedas digitais descentralizadas que podem ser usadas para pagamentos e transferências, mas são ativos com muita volatilidade e com diversos riscos.

2. Tokens

São ativos digitais que representam algo no mundo real, como dinheiro, propriedades ou obras de arte. Por exemplo: existem fan tokens, uma espécie de “sócio torcedor”. Temos também imóveis, commodities e outros ativos, mas que podem ser categorizados de modo diferente.

3. NFTs (Tokens não fungíveis)

São ativos digitais únicos, ou seja, não podem ser substituídos por outro igual. Cada NFT é único e registrado em um blockchain.

NFTs estão sendo usados para representar itens colecionáveis, como obras de arte, cartões ou outros objetos, pois permitem comprovar a autenticidade e propriedade de itens digitais.

ETFs são criptoativos?

Os ETFs de criptomoedas são fundos de índice que permitem aos investidores obter exposição ao mercado de criptomoedas. Em vez de comprar e possuir diretamente Bitcoin ou outras criptomoedas, você está investindo em um fundo que detém uma cesta de criptomoedas.

Os ETFs de criptomoedas estão regulamentados e negociados em bolsa, o que significa que eles são mais fáceis de negociar do que as criptomoedas subjacentes. Você pode comprar e vender ações de ETFs de criptomoedas durante o horário comercial normal, assim como faria com ações tradicionais.

No entanto, os ETFs de criptomoedas não estão isentos de riscos. O valor dos fundos ainda depende inteiramente do preço volátil das criptomoedas subjacentes. Se o Bitcoin ou outras criptomoedas caírem em valor, o ETF cairá também.

Criptoativos no metaverso

No metaverso, os criptoativos desempenham um papel fundamental. Alguns projetos de criptoativos estão desenvolvendo seus próprios metaversos, conectando criptomoedas, NFTs e o mundo virtual.

O crescimento do metaverso pode potencialmente levar a problemas como lavagem de dinheiro e fraudes. Por isso, é importante entender como os criptoativos funcionam nesse ambiente e tomar cuidado.

Acompanhe o mercado, estude, aprenda com os erros e acertos. Elaborado pela Culte para tornar o agronegócio brasileiro inovador, o Agrispace está tornando o metaverso disponível para todos os entusiastas, leia o artigo acima e saiba mais!

Quer saber como a sua empresa pode participar do metaverso? Clique aqui.

INFORMAÇÕES SOBRE AGRISPACE – O METAVERSO DO AGRO [email protected] ou pelo WhatsApp clicando Aqui!!

Quer ficar por dentro de nossas postagens e notícias, entre em nosso canal no WhatsApp e venha conosco, descobrir o mundo do metaverso

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.