banner_posts

Há uma semana, a Meta disponibilizou algumas informações sobre o desempenho de suas redes sociais (Instagram, Facebook, Whatsapp) e de suas receitas de 2022, informando que iria seguir investindo no metaverso e mostrando queda na receita que vem da publicidade.

Portanto, pela primeira vez, o Facebook atingiu a marca de 2 bilhões de usuários ativos diariamente. De fato, o Facebook também ganhou novos 16 milhões de usuários nos últimos três meses de 2022.

Entretanto, apesar da alta de usuários ativos e também de novos usuários, a empresa registrou uma queda na receita do último trimestre em 4%. 

Um dos motivos foi a queda na receita que vem da publicidade. A queda está ocorrendo porque muitas empresas estão diminuindo seus investimentos em publicidade por causa da alta da taxa de juros e também com medo de uma possível recessão. O aumento do TikTok, transmissões ao vivo e criadores de conteúdo também diminuiu o espaço da Meta.

Desse modo, Zuckerberg está convencido de que o metaverso e a realidade virtual vai impulsionar as receitas da Meta e criar novas possibilidades para a publicidade.

Estratégia repetida de Zuckerberg

Grupo Meta: empresa aposta no metaverso como o futuro da publicidade.
Grupo Meta: empresa aposta no metaverso como o futuro da publicidade.

Em 2012, o Facebook anunciou a compra do Instagram. Na época, o Facebook possuía cerca de 800 milhões de usuários e o Instagram por volta dos 30 milhões. O Instagram era uma aposta promissora, visto que tinha uma outra proposta, estava crescendo, mas ainda não tinha um modelo de publicidade estabelecido. Contudo, algo similar ocorreu com a compra da empresa de realidade virtual Oculus

De fato, anos depois, o Instagram se tornou uma marca importante e valiosa para o grupo. No setor de dispositivos VR, a Oculus se tornou a maior produtora e desenvolvedora do mundo, superando a Samsung e a Sony. Foram apostas que o Facebook fez para o futuro, assim como está fazendo agora com o metaverso. 

Entretanto, novas escolhas precisam ser feitas para sustentar esse crescimento. Por exemplo: No ano passado, o Instagram aumentou os espaços de publicidade na rede social e, a não ser que a empresa queira lotar o Instagram de anúncios, ela precisa encontrar alternativas viáveis e significativas para não perder receita.

banner_posts

É justamente essa a aposta que Zuckerberg faz no metaverso: A Meta, e principalmente Zuckerberg, acredita que o metaverso vai ser uma alternativa nos modelos de publicidade, gerando maior inovação e engajamento para a empresa. 

Por conta disso, a empresa segue realizando investimentos na Reality Labs, divisão de realidade virtual. Zuckerberg já informou que espera alguns resultados negativos porque sabe que está numa fase de desenvolvimento. 

Porque o metaverso pode ser o futuro da publicidade

Ilustração do Horizon Worlds, plataforma do metaverso da Meta.
Ilustração do Horizon Worlds, plataforma do metaverso da Meta.

Para a publicidade, o metaverso possui mais potencial do que as redes sociais. O metaverso permite a criação de ambientes virtuais, assim as empresas podem apresentar seus produtos e serviços de uma maneira mais interativa para os seus clientes.

Em suma, o metaverso também permite que seus usuários experimentem esses produtos, façam parte do desenvolvimento de novos produtos, que podem ser lançados apenas no mundo virtual ou também no real.Entre algumas possibilidades que o metaverso apresenta para o mercado publicitário, estão:

  • Eventos virtuais interativos, como shows, lançamentos de produtos e feiras.
  • Ambientes virtuais e imersivos que aumentam a interação do público com a marca.
  • Metaverso proporciona uma visão ampla sobre dados e informações comportamentais, permitindo criar melhores estratégias de marketing.
  • Criadores de conteúdo podem trabalhar em conjunto com marcas e empresas de modo mais fácil e amplo.
  • Publicidade menos cansativa e baseada em preferências pessoais ou histórico do usuário.

Essas são apenas algumas das oportunidades que o metaverso apresenta para a publicidade, mas a lista é mais ampla e complexa. Por exemplo, o metaverso da Meta é baseado em realidade virtual. Dessa forma, em outubro de 2022, a Meta anunciou que donos de dispositivos Quest 2 poderiam assistir a lutas do UFC diretamente do seu metaverso.

Basicamente, os usuários se sentem como se estivessem dentro do ringue observando a luta. Dessa forma, tão breve, partidas esportivas de futebol ou diversos outros esportes também estarão presentes no metaverso, concedendo a oportunidade de gerar anúncios personalizados e apenas para os que estão utilizando o dispositivo de realidade virtual.

banner_posts

25% das pessoas estarão no metaverso até 2026

Segundo pesquisa da Gartner, até 2026, 25% das pessoas passarão até uma hora no metaverso, seja para trabalhar, estudar ou simplesmente como um meio de entretenimento. 

Além disso, em outra pesquisa, realizada pela Accenture no CES (Consumer Electronics Show), um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, mais da metade dos entrevistados veem no metaverso uma oportunidade de criar e monetizar conteúdo. 

De fato, muitos querem acessar o metaverso para ter acesso a eventos, serviços de mídia e entretenimento, gerando um grande potencial para as empresas que estão participando do metaverso, sejam as que querem estar mais conectadas com seus clientes ou as que desejam ter maior visibilidade global.

Assim, a Meta segue apostando mais de 10 bilhões de dólares no desenvolvimento de seu próprio metaverso. 

Você pode ler mais sobre o metaverso e estar conectado com essa tendência, leia sobre Oportunidades do metaverso.

Por fim, saiba como sua empresa pode participar do metaverso, clique aqui. Leia sobre o Agrispace, plataforma do metaverso elaborada pela Culte e que está criando um espaço de colaboração para o agronegócio brasileiro.

INFORMAÇÕES SOBRE AGRISPACE – O METAVERSO DO AGRO [email protected] ou pelo WhatsApp clicando Aqui!!

Quer ficar por dentro de nossas postagens e notícias, entre em nosso canal no WhatsApp e venha conosco, descobrir o mundo do metaverso

Leia também: O que é um fan token?

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.