My default image

Investir em criptomoeda: Conheça todas as vantagens

Com o crescimento das moedas digitais no mundo inteiro, investir em criptomoedas fica cada vez mais vantajoso. Por ser uma medida monetária relativamente nova e com grande potencial de mercado, as criptomoedas vêm ganhando destaque. Isso não só pela valorização impressionante, mas também conta com uma vantajosa facilidade de investimentos. 

Para conhecer todas as vantagens de investir em criptomoeda, além de descobrir qual o melhor caminho para isso, basta você continuar neste artigo: a Culte te conta tudo agora. 

My default image

Investimento em criptomoeda significa potencial de valorização

As moedas digitais, fazem parte de um mercado bastante volátil, ou seja, sujeito a grandes mudanças rapidamente. Porém, também podem oferecer muito lucro para seus investidores. 

Conforme o interesse e a demanda por criptomoedas vão subindo, a valorização das moedas acompanha. Esse movimento faz com que a maior parte das criptomoedas ganhem muito valor de mercado. Grande parte delas registram pelo menos 400% de subida! O Bitcoin, a primeira e mais relevante moeda digital, por exemplo, começou com seu valor de mercado por US$ 0,07. Hoje, essa criptomoeda vale mais de US$ 45.000,00!

Liberdade e privacidade 

De fato, um dos pontos mais atrativos sobre as criptomoedas é que a maioria delas não está ligada a qualquer autoridade. Isto é, nenhum governo ou banco as controla. Por causa da tecnologia blockchain, as transações de moedas digitais podem ser feitas ponto a ponto (ou “peer to peer”), diretamente entre o vendedor e o comprador. 

Além de toda autonomia, o blockchain também garante algo muito importante: a privacidade. Todos os dados de transações são protegidos e armazenados em códigos. Assim, todo movimento financeiro é feito em sigilo, garantindo que todas as partes fiquem anônimas. Isso garante a proteção de todos os dados pessoais. 

Investir em moedas digitais é fácil, rápido e tem custo mais baixo

Se numa negociação só existem você e uma outra parte, o comprador ou vendedor, significa que não existem intermediários. A burocracia, palavra que causa medo em qualquer um, se torna mínima aqui. As taxas, por sua vez, caem também, já que não existem outras instituições que as aplique.

Além disso, por ser digital, toda transação pode ser feita com muita rapidez e de forma simples. Bastam alguns cliques e seu dinheiro já se movimentou, os contratos foram feitos e pronto! Não importa onde está, você pode fazer negócios.

Criptomoedas são acessíveis

Primeiramente, se você está lendo este texto na internet, é sinal que já pode investir em criptomoedas. Não apenas você, mas também as outras 4,66 bilhões de pessoas no mundo com acesso à internet e celulares. Ou seja, mais da metade da população mundial. 

Nem todo mundo que pode ter acesso à internet tem, ao mesmo tempo, acesso aos bancos tradicionais. Sendo assim, já podemos ver um cenário muito interessante para as criptomoedas crescerem, se tornando populares. Isso porque essas moedas digitais podem atingir mais pessoas e criar mais oportunidades de negócios de forma global. 

Além de tudo isso, as transações de criptomoedas não precisam ser limitadas por tempo e por espaço. Isto é, não importa a hora do dia, nem em que país você e a outra parte vivem. Afinal, na internet não existe horário de fechar e de abrir!

As taxas nas transações com criptomoedas são menores

Segundo o que já falamos antes, poder fazer transações sem intermediários reduz bastante a cobrança de taxa. Isso acaba eliminando também burocracias ligadas a bancos centrais e governos. Dessa forma, o investidor pode ter pouca (ou nenhuma) taxa ligada à sua movimentação financeira!

Porém, ainda assim existem taxas no mercado de criptomoedas. De modo geral, estas estão ligadas às exchanges, que é como são chamadas as “casas de câmbio” de moedas digitais. Tais taxas se aplicam na compra e venda de moedas por meio de comissões. Essas cobranças são relacionadas às trocas do dinheiro “real” pela criptomoeda (ou vice-versa) ou surgem das transações feitas através de plataformas de negociação.

My default image

Investir em criptomoedas é seguro

Depois de mais de uma década desde o lançamento do Bitcoin no mercado, já existem mais de 5 mil moedas digitais no mundo. Com esse setor crescendo, a tecnologia de segurança também foi ganhando confiança. O blockchain, sistema com o qual as criptomoedas operam, codifica e protege os dados dos usuários. 

Soma-se a isso o fato de que o blockchain é transparente, feito em protocolo aberto. Qualquer pessoa pode consultar as ofertas de moedas e checar o funcionamento dos códigos… Mas nunca podem manipular esses dados. 

E onde entra o agronegócio no investimento em criptomoedas?

O agronegócio, uma das principais áreas do mercado brasileiro, está sempre mudando e renovando. É nesse cenário que as moedas digitais se mostram uma possibilidade de negócio muito vantajosa para produtores, sejam eles pequenos, médios ou grandes. 

Pensando em todas as oportunidades que criptomoedas podem oferecer aos produtores brasileiros, a Culte apresenta sua moeda digital, a Cultecoin, criada para expandir mercado de agricultura no país.

Conheça tudo sobre a criptomoeda Cultecoin clicando aqui!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

My default image