banner_posts

Você já ouviu falar sobre GPT-4? Para muitos, pode parecer um termo técnico e complexo. Mas, calma! Neste artigo, vamos descomplicar e explicar de maneira simples o que é GPT-4. 

Importante no mundo da tecnologia, especialmente para quem está começando a entender sobre inteligência artificial, este tópico é fascinante e repleto de possibilidades. 

Portanto, mesmo que você seja leigo no assunto, prepare-se para descobrir um universo incrível que está moldando o futuro da interação humana com a inteligência artificial.

O que é GPT-4

Ilustração.

Lançado pela OpenAI, o GPT-4 representa um avanço significativo em relação ao seu predecessor, o GPT-3.5. 

O GPT-4 é um modelo de inteligência artificial LLM da OpenAI que consegue gerar, editar e interagir com diferentes conteúdos de maneira criativa e ajudar os usuários em diversas tarefas, desde escrever textos até auxiliar no aprendizado de linguagens de programação.

Uma das principais inovações do GPT-4 é a capacidade de processar tanto texto quanto imagens, tornando-o um modelo de linguagem mais versátil e multimodal​​. 

O GPT-4 também demonstrou ser mais preciso e confiável em uma série de benchmarks, incluindo testes acadêmicos e profissionais, superando o GPT-3.5 na maioria deles​​. A OpenAI, desenvolvedora do ChatGPT, afirma que o modelo GPT-4 é dez vezes mais rápido que o GPT-3.5. 

A OpenAI lançou o GPT-4 em março de 2023, conseguindo bastante sucesso até então, necessitando limitar a compra do novo modelo para novos usuários. Mas não se preocupe, essa limitação já foi removida.

Qual o significado de GPT-4?

GPT-4 significa “Generative Pre-trained Transformer 4”, em português, podemos definir como transformador pré-treinado generativo

Este nome pode soar complexo, mas na verdade, ele descreve a essência do que esse modelo faz. 

Generativo” significa que ele pode criar conteúdo novo, “Pré-treinado” indica que ele já aprendeu muito antes de nós interagirmos com ele por meio de dados já disponibilizados  e treinamento, e “Transformador” refere-se ao tipo de tecnologia que utiliza para entender e gerar linguagem.

Leia também: Como entrar no metaverso em apenas 3 passos

Desenvolvimento e treinamento do GPT-4

O treinamento do GPT-4 envolveu técnicas avançadas de aprendizado de máquina, utilizando vastos conjuntos de dados para aprimorar sua capacidade de compreensão e resposta. 

Uma parte do treinamento consiste em utilizar um método conhecido como RLHF (Reinforcement Learning from Human Feedback), que incorpora feedback de especialistas humanos para aprimorar as decisões tomadas pelo modelo. Isso resultou em uma melhor adaptação à comunicação humana e em uma maior facilidade de uso para pessoas sem formação especializada em IA​. 

Algumas informações gerais são que o treinamento deste modelo custou cerca de 100 milhões de dólares e que ele possui um trilhão de parâmetros (Valores que guiam decisões e respostas de inteligência artificial). Entretanto, a OpenAI não disponibilizou todas as informações sobre o treinamento deste modelo IA. 

GPTs públicas

Tela
Tela inicial das “GPTs públicas”

Em novembro de 2023, a OpenAI lançou as versões personalizadas do ChatGPT, as GPTs públicas. 

De acordo com a empresa, as GPTs são uma maneira de que as pessoas compartilhem versões personalizadas  do ChatGPT que possam ser úteis na vida diária, em tarefas específicas e demais trabalhos e compartilhá-las  com outras pessoas.

Qualquer pessoa pode criar seu próprio GPT e compartilhar com outras pessoas. A plataforma disponibilizou um “GPT Store”, para que os usuários compartilhassem suas criações. 

Vale lembrar que está previsto uma monetização com base no uso de cada GPT.

GPT-4 vs GPT-3

De fato, comparado ao GPT-3.5, o GPT-4 mostra melhorias significativas em confiabilidade, criatividade e capacidade de processar instruções complexas. Ele pode processar até 32.000 tokens, em comparação com os 4.096 do GPT-3.5, permitindo que ele lide com textos muito mais longos​​.

Dessa maneira, na prática, o GPT-4 consegue “memorizar” o conteúdo conversado com maior facilidade, podendo gerar textos mais longos e ler textos mais antigos. Também é possível criar modelos próprios para o usuário, gerando assim diálogos mais personalizados. 

Por exemplo, o usuário pode disponibilizar arquivos com informações sobre o que deseja, além de instruções, antes de iniciar uma nova conversa. Desse modo, o ChatGPT poderá desenvolver conteúdo personalizado e otimizado para cada usuário.

Como usar o GPT-4

Ilustração.

O GPT-4 pode ser utilizado de diversas formas, desde ajudar estudantes em seus trabalhos acadêmicos até auxiliar profissionais em tarefas criativas. Seu uso se estende também a empresas, para automação de serviços de atendimento ao cliente, por exemplo.

Mas como informado anteriormente, o GPT-4 do ChatGPT é uma versão paga, logo, para você utilizá-lo precisa ser um assinante. Então, basta entrar no https://chat.openai.com, fazer login com a conta desejada e utilizar a versão de sua escolha (3.5 ou 4).

Valor do ChatGPT e alternativas

Atualmente, o valor da mensalidade para ter acesso ao GPT-4 está em 20 dólares, cerca de 98 reais, ou 100 reais arredondando com impostos e possíveis juros do cartão de crédito.

Existem algumas outras alternativas, caso você não queira pagar para utilizar o GPT-4,  como o BING Chat, que utiliza o modelo, mas está voltado para o mecanismo de pesquisas. 

Caso prefira, pode optar também pelo Bard, IA do Google.

OpenAI e Microsoft

o que é GPT 4
Satya Nadella (direita, diretor da Microsoft) e Sam Altman (esquerda, diretor da OpenAI) no evento OpenAI DevDay, 6 de novembro de 2023.

Portanto, a OpenAI, empresa que está desenvolvendo o ChatGPT, conta com uma poderosa parceria  com a Microsoft, fato que fez com que a Microsoft conseguisse um grande salto tecnológico e acirrando a competição contra a Google.

Inicialmente, a Microsoft investiu 3 bilhões de dólares na OpenAI, que era uma empresa sem fins lucrativos, sem esperar retorno financeiro. Porém, em janeiro de 2023, um relatório surgiu afirmando que a Microsoft teria 49% de participação nos lucros da OpenAI (que passou a monetizar o ChatGPT) sob algumas condições. 

Dessa forma, a Microsoft fez uma nova parceria e se comprometeu em investir novos 10 bilhões de dólares na startup, além de fornecer toda a infraestrutura em nuvem para o funcionamento dos produtos desenvolvidos. A estratégia está dando bastante resultado, visto que agora a startup está avaliada em cerca de 90 bilhões de dólares, algo em torno de 443 bilhões de reais. 

Basicamente, a OpenAI, se fosse vendida por esse valor, teria quase o valor da Petrobras em valor de mercado.

Bing Chat

Um dos produtos gerados pela “aliança” entre Microsoft e OpenAI é a integração do GPT-4 no mecanismo de busca BING, mas que diferente da versão paga, pode ser utilizado gratuitamente por meio do Microsoft Edge.

Conclusão

O GPT-4 não é apenas uma ferramenta tecnológica avançada, ele é um marco na forma como interagimos com máquinas. Assim, com ele, estamos nos aproximando de um futuro onde a inteligência artificial será parte integrante do nosso cotidiano.

De fato, falando em futuro, o GPT-4 também abre portas para outras tecnologias emergentes, como o metaverso. Imagine um mundo virtual onde a inteligência artificial, como o GPT-4, possa ajudar a criar experiências mais imersivas e personalizadas. 

Em suma, no metaverso, a IA poderia ser usada para criar ambientes interativos, personagens realistas e até mesmo para ajudar na navegação e interação dentro deste universo digital.

Portanto, o GPT-4 não é apenas o presente da IA; ele é um passo em direção a um futuro ainda mais integrado e inovador. Veja como esse futuro está sendo aplicado por uma das maiores empresas do agronegócio brasileiro: Farm Day no Metaverso, saiba mais.

Saiba como a sua empresa pode entrar no metaverso, clique aqui.

Sua empresa pode seguir os mesmos passos da SLC Agrícola? Quer saber como? Conte conosco, clique aqui.

INFORMAÇÕES SOBRE AGRISPACE – O METAVERSO DO AGRO [email protected] ou pelo WhatsApp clicando Aqui!!

Quer ficar por dentro de nossas postagens e notícias, entre em nosso canal no WhatsApp e venha conosco, descobrir o mundo do metaverso

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.